AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

sexta-feira, 1 de maio de 2009

CRIME BÁBARO EM MONTES CLAROS

Rapaz espancado, esfaqueado,

enforcado e queimado por bandidos

Nem mesmo iniciaram as comemorações do feriado em comemoração aos trabalhadores, mais um crime entrou para as estatísticas da violência em Montes Claros, Norte de Minas, neste primeiro de maio. Desta vez, o crime não apresentou características apenas de acertos de contas ou tomada de área para a venda de entorpecentes: diante das atrocidades cometidas contra o jovem de 30 anos, outros motivos além das drogas, levaram os bandidos à barbárie.


Foragido da justiça por ter sido flagrado com 800 gramas de maconha em carnaval de Januária, Sandro Henrique Aguiar Pinto, que residia na rua Castelar Prates, bairro Major Prates, foi encontrado por voltas das 4h10 da madrugada pegando fogo, segundo uma testemunha. Ele, que passava por um lote vago, localizado na rua Cosme Antunes, bairro Canelas II, apenas à procura de uma labareda para acender o seu cigarro, foi surpreendido com um homem enrolado num lençol, com um plástico na cabeça e em chamas.


TORTURA E MORTE – A chegada da perícia técnica da Polícia Civil ao local, revelou os requintes de crueldade somente vistos em assassinatos nos morros do Rio de Janeiro. Sandro Henrique foi espancado com pauladas, socos e pontapés, e depois de sufocado e enforcado, recebeu várias facadas no tórax, cabeça e pescoço. Não satisfeitos, os executores o enrolaram em um lençol e atearam fogo. Não se sabe porém, se o rapaz estava consciente neste momento.


A crueldade do crime, chamou a atenção dos policiais e curiosos que disseram não aguentar mais, a constante onda de violência naquela localidade. Alguns indícios chamaram a atenção de quem esteve presente à cena do crime: apesar do rapaz ser proprietário de um veículo – que o sempre utilizava – uma bicicleta estava próxima ao corpo, e provavelmente não seria dele. Outra suspeita, foi a ausência de barulho do ato criminoso, o que reforça a tese do crime ter sido cometido em outro lugar, e a vítima ter sido desovada no lote vago. E os indícios apontam que pelo menos mais de duas pessoas cometeram o crime.


TENSÃO E MEDO – Apesar de Sandro Henrique Aguiar ter várias passagens registradas pelos meios policiais e um mandado de prisão em aberto contra ele, o clima no velório era de tensão e medo, entre amigos e familiares que temiam represarias. O corpo velado por pouco mais de três horas em um salão no bairro São Geraldo, próximo ao local conhecido por Três Pilastras, seguiu doze horas depois do bárbaro crime para ser sepultado, às 16 horas. Família, amigos e moradores do bairro Canelas, não quiseram gravar entrevistas.


3 comentários:

Anônimo disse...

enquanto os bandidos estiverem se matando aos poucos, OTIMO!!!!
espero q morram todos!! ruim mesmo é quando as mortes atingem cidadaos de bem, trabalhadores que dao duro pra sustentar suas familiares e acabam sendo vitimados pelo crime. Morte ao bandidos e Deus ajuda que o capeta carrega.rs. abraços

Anônimo disse...

independente de bandido ou nao sao seres humanos, tem familiares que sofrem por eles infelizmente, entram neste mundo nem sei porque sabem que so leva a morte . so sei que alguem e algo tem que ser feito logo e rapido porque como vamos poder criar nossos filhos nete mundo para amanha crescerem e nao poder conhecer o mundo porque correm o risco de encontrar um bandido levar um tiro e morrer ou por assalto ou por causa da maldita droga que o traficante vai lhe oferecer ele vai cair em desgraça vai comprar usar viciar e depois vai morrer porque se tornou um viciado e nao pagou. reage brasil quantos mais precisam morrer para ter uma soluçao.

Anônimo disse...

independente de bandido ou nao sao seres humanos, tem familiares que sofrem por eles infelizmente, entram neste mundo nem sei porque sabem que so leva a morte . so sei que alguem e algo tem que ser feito logo e rapido porque como vamos poder criar nossos filhos nete mundo para amanha crescerem e nao poder conhecer o mundo porque correm o risco de encontrar um bandido levar um tiro e morrer ou por assalto ou por causa da maldita droga que o traficante vai lhe oferecer ele vai cair em desgraça vai comprar usar viciar e depois vai morrer porque se tornou um viciado e nao pagou. reage brasil quantos mais precisam morrer para ter uma soluçao.