AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

segunda-feira, 14 de abril de 2014

TIRO NA BARRIGA



Jovem que ameaçava doente
mental é baleado por policial

“Atirei para evitar que o suspeito matasse o outro”. Esta foi a justificativa do policial que atingiu um jovem com um tiro na barriga, durante à tarde da última sexta-feira (11), em Montes Claros. O militar relatou em depoimento que passava pela Avenida Lago Tucuruí, no Bairro Doutor João Alves, quando viu um jovem apontando uma arma para outro. A pessoa que estava sendo ameaçada tem problemas mentais e não conseguia reagir à ameaça. 
O policial relatou ainda que pediu ao suspeito para que abaixasse a arma, mas ele não obedeceu e o militar acabou atirando. A vítima foi levada para o Hospital Santa Casa, medicada e levada para a delegacia de plantão da Polícia Civil. O militar e o outro envolvido na confusão também foram conduzidos para prestar depoimento. As armas do militar e do suspeito foram recolhidas. O motivo do conflito não foi esclarecido.

TRAGÉDIAS NAS ESTRADAS



Menino de 7 anos, três adultos e
um animal morrem em acidentes

Mais um final de semana foi sangrento nas estradas que cortam o Norte de Minas. Quatro pessoas, entre elas uma criança de 7 anos, perderam a vida em três acidentes registrados no último domingo (13), em cidades da região. No município de Padre Carvalho, revoltada com a morte de um menino de 7 anos, a população colocou fogo num veículo. O garoto morreu após ser atropelado por um Fiat Uno 1988, na Rua Grão-Mogol. O sinistro ocorreu quando a criança transitava pela via com sua bicicleta.
Policiais militares ao chegarem ao local, encontraram o veículo em chamas e o condutor havia fugido, tendo em vista que a população o estava agredindo fisicamente e danificando o seu automóvel. A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, liberando o corpo para a família. O condutor do veículo foi identificado, mas até ontem ele não tinha sido localizado.

PORTEIRINHA

Na cidade de Porteirinha, duas mulheres de 74 e 76 anos morreram e outras duas ficaram feridas após serem atropeladas por um carro na AMG-900. O fato aconteceu quando as quatro vítimas se deslocavam para a igreja. Na altura do Km 10, no sentido Porteirinha/Serranopólis de Minas, elas foram surpreendidas por um veículo Golf branco, que transitava no mesmo sentido em alta velocidade, vindo a atingir as mulheres, levando a óbito duas e deixando gravemente ferida outras duas de 35 e 53 anos. O condutor do veículo, segundo a Polícia Militar, foi identificado. Diligências estão sendo feitas no intuito de localizá-lo e prendê-lo.

JANUÁRIA

Na altura do Km 2 da LMG-604, em Januária, a Polícia Militar registrou uma ocorrência de atropelamento de animal, que vitimou fatalmente o condutor do veículo, um homem de 25 anos.
Segundo testemunhas, o jovem transitava em veículo no sentido Januária/Bonito de Minas, quando foi surpreendida por um bovino na pista, não sendo possível evitar o atropelamento. Em consequência do acidente, o condutor veio a óbito, confirmado por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, sendo o corpo recolhido para a funerária. O animal não resistiu ao impacto e também morreu no local, sendo removido para as margens da rodovia.

PEDOFILIA CASEIRA



Preso por estuprar quatro enteadas

No momento em que o País repercute o assunto e o Congresso Nacional se prepara para sabatinar o tema, mais um caso de estupros escandaliza o Norte de Minas e põe novamente a pedofilia na berlinda. Nessa segunda-feira (14), um homem de 54 anos foi preso, no Bairro Pernambuco, em Bocaiúva, sob suspeita de estuprar as enteadas de 13, 14, 15 e 16 anos. Em depoimento na Polícia Civil, as meninas afirmaram que os abusos sexuais aconteciam desde que tinham 10 anos. Uma menina de 9 anos, que seria filha do suspeito, também morava na casa.
Segundo o delegado Leonardo Diniz, a adolescente de 16 anos não suportou os abusos e foi morar com o namorado há um ano e meio. Já a menina de 15 também não aguentou a violência e saiu de casa para residir com a avó. Ainda de acordo com o delegado, o homem se relacionava com a mãe das meninas há 14 anos. O caso foi descoberto depois de uma denúncia anônima, feita na última quinta-feira (10). O mandato de prisão foi expedido pela Justiça na sexta-feira (11). "Ouvi todas as adolescentes, separadamente, e elas descreveram como os abusos aconteciam. A preocupação era agir rápido para que ele fosse retirado do convívio familiar”, afirma Diniz.
Segundo as vítimas, o padrasto esperava a esposa dele sair de casa para cometer os estupros e dizia que se elas o denunciasse, iria matá-las junto com a mãe. "Uma das meninas afirmou que ele dizia que cadeia era hotel, que não tinha problema em ficar preso e que depois ia sair e matá-las", contou o policial. Leonardo Diniz afirmou que as vítimas chegaram a contar para a mãe, que não acreditava e até chegava a agredi-las.
A mulher está com a guarda das filhas e a conivência dela com os estupros está sendo investigada. O suspeito é natural da cidade de Joaquim Felício e não tem passagens pela Polícia. "Conseguimos a prisão temporária, mas a nossa intenção é que ela seja convertida em preventiva, para que ele fique preso enquanto responde pelo processo", complementou o delegado Leonardo Diniz.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

FURTOS E ROUBOS



Presa quadrilha que roubava na
Grande BH e trazia para o Norte

A Polícia Civil de Minas Gerais desarticulou uma quadrilha que enviava veículos roubados e furtados em Belo Horizonte e também na região metropolitana para o Norte de Minas. Os veículos eram desmanchados e tinham as peças revendidas para oficinas de ferro-velho nas cidades de Jaíba, Janaúba e Manga. Fábio Pires da Silva (43 anos), Antides Bitencourt (29) e Sérgio Nunes de Oliveira (42) foram presos em flagrante no último dia 4 pelo crime de receptação e apresentados na tarde de quinta-feira (10).
Os homens foram presos no momento em que conduziam dois veículos que tinham sido furtados no dia 1º de abril e em 16 de janeiro. Um quarto membro da quadrilha, Raylander Aparecido da Silva, foi detido no último dia 5, durante cumprimento de mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. A equipe da PC ainda cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, onde foram apreendidos diversos objetos de veículos furtados.
Durante as investigações, a equipe do delegado Luciano Guimarães Nascimento descobriu duas oficinas de ferro-velho, uma loja de peças usadas e uma casa usada como local de desmanche nos municípios de Jaíba e Manga

QUEM ERA QUEM

Ainda de acordo com o delegado Guimarães, a quadrilha era liderada por Fábio Silva, que coordenava os horários do transporte dos veículos até o destino e fazia também os contatos com o encarregado de guardar os carros na Capital e com os transportadores. Ele também era o proprietário de um ferro-velho do Bairro Tirol, no Barreiro, e outro em Jaíba, chamados MC Peças.  Ele seria dono também de uma loja de peças usadas.
Já a Sérgio Oliveira era o responsável por transportar veículos furtados até o Norte de Minas. Raylander Silva era o responsável por furtar ou roubar os veículos. "Na prisão dele, que mantinha contato com Antides Bitencourt e repassava os carros, nós contamos com a ajuda da tornozeleira eletrônica para prendê-lo", disse o delegado. Como ele era rastreado, foi possível verificar que os carros eram roubados justamente nos locais aonde ele ia durante o dia, já que o regime semi-aberto não o permite sair durante a noite.
Ainda seguem foragidos outros três integrantes da quadrilha. Carlos César Bispo da Cruz, que trabalhava para o líder Fábio Silva no ferro-velho em Jaíba; Ricardo Silva Alves, também responsável por levar os carros até Jaíba; e Renato do Nascimento, encarregado de guardar e repassar os carros à Bitencourt.

BANGUE-BANGUE



PM mata dois suspeitos de assalto

Dois suspeitos de cometerem um assalto a um supermercado na Rua Paulista, no Bairro Alto da Boa Vista, foram mortos na manhã dessa quinta-feira (10), em Montes Claros, durante troca de tiros com policiais militares da Bike-Patrulha. O embate ocorreu na Rua Paulino Silva Maia, na vizinha Vila Telma. Segundo a Polícia Militar, os jovens, que tinham 16 e 24 anos, teriam assaltado o estabelecimento comercial e fugido numa motocicleta com placa adulterada. A dupla foi identificada e seguida por policiais da Bike-Patrulha. Na Vila Telma, os militares depararam com os suspeitos entrando numa casa.
Ao chegarem ao imóvel, os policiais foram recebidos a tiros, tendo um dos militares reagiu e efetuado dois disparos, que acabaram acertando os dois jovens. Os assaltantes não resistiram aos ferimentos e morreram ainda no local. O irmão de uma das vítimas também foi detido na cena do crime ao agredir um policial para entrar na casa. Além dele, outras sete pessoas foram detidas por terem jogado pedras contra as viaturas da PM, quando um policial foi atingido no braço.
Assessora de Comunicação da PM, a capitão Gracielle Rodrigues informou que o policial que participou da ação foi detido e teve a arma apreendida para ser periciada. Ele está à disposição da Justiça Militar. “A princípio, foi uma ação legítima, no cumprimento do dever legal”, explica.
Até o fechamento desta edição, os nomes dos suspeitos mortos na troca de tiros não tinham sido divulgados pela Polícia.